29/06/2008

Poor Jack

What have I done?
What have I done?
How could I be so blind?
All is lost, where was I?
Spoiled all, spoiled all
Everything's gone all wrong

What have I done?
What have I done?
Find a deep cave to hide in
In a million years they'll find me
Only dust and a plaque
That reads, "Here Lies Poor Old Jack"

But I never intended all this madness, never
And nobody really understood, how could they?
That all I ever wanted was to bring them something great
Why does nothing ever turn out like it should?

Well, what the heck, I went and did my best
And, by God, I really tasted something swell
And for a moment, why, I even touched the sky
And at least I left some stories they can tell, I did

And for the first time since I can't remember when
I felt just like my old bony self again
(...)

.
Danny Elfman

4 comentários:

davidsantos disse...

Ressurreição:

Como se num segundo ele se fosse,
Sem deixar resposta alguma,
Somente a memória,
Doces lembranças do seu calor
Seus lábios se estalando ao separar dos meus,
Após um longo momento de união,
Quando os dois corpos se uma alma.
Saudade…
Os momentos em que me apoiava,
Sentia as batidas aceleradas que vinham daquele peito,
No qual eu era docemente pressionada, com amor.
Onde estará agora?
Em outro pensamento?
Não! Não, não, não…
Está em minha mente,
Meus sonhos, desejos, ilusões
Meu interior, minha alma,
És minha vida, me pertence.
Como sempre um equívoco,
Assim a distância
Um enorme caminho
E entre um passo e outro,
Cartas perfumadas e páginas amorosas desaparecem,
traças famintas e frias,
As devoram vorazmente
E desta insensível refeição,
Só resta o pó.
Será você minha traça?
Que com um adeus digeriu minha alma
E deixou este corpo se despedaçando?
Sou a ruína, a caminho da destruição,
Pois com o tempo,
Um corpo vazio se desintegra
E resta o pó.
E neste labirinto de inseguranças
E desejos mais fortes que a razão,
Me perdi.
Dentro de mim só havia amor e paixão,
Sentimentos, que com a sua perda me desorientaram
Pois estavam presos
E assim
Permaneceram
Resultando em triste fim;
Submersos por sete palmos de terra foram esquecidos.
Em meio as traças,
Solidão, desamor, abandono,
Que um dia levaram a alma E deixaram o corpo envolvido em bálsamo,
Um corpo que ansiava por carinho,
Mas que não suportou o tempo
A alma arrancada vaga,
Vaga pelo caminho
Escapado do fim
E aguarda calmamente,
Apenas espera…

Hobbes disse...

http://www.youtube.com/watch?v=3gCCL7raR34

Hobbes disse...

Meh, a qualidade desta versão é melhor:

http://www.youtube.com/watch?v=dhmS5ILD5pA&feature=related

Karajan RuLeZ :P

PP disse...

Weddings Vows:

"With this hand, I will lift your sorrows.
Your cup will never be empty, for I will be your wine.
With this candle, I will light your way into darkness.
With this ring, I ask you to be mine. "


in "The Corpse Bride"

[seguindo a linha de Tim Burton, coloco aqui a minha deixa favorita do meu filme favorito dele]
Amoro te =)