26/02/2007


Se a noite não tem fundo
O mar perde valor
Opaco é o fim do mundo
Para qualquer navegador
Que perde o Oriente
E entra em espirais
E topa pela frente
Um continente
Que ele já deixou para trás
.
Os soluços dobram tão iguais
Sem rivais, sem irmãos
Sem navio carregado de ideias
Que foram escorrendo feito grãos
As estrelas que não voltam nunca mais
E um oceano para lavar as mãos

Chico Buarque

William Shakespeare

O tempo!... Nunca houve nada como o tempo para nos ajudar a ver as coisas...

Depois de algum tempo aprendes a difernça, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

Com o tempo, começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.

Aprendes a construir todas as tuas estradas no hoje, porque o terreno de amanhã é incerto demais para os planos e o futuro tem o costume de cair em vão.

O tempo mostra-te que o que importa não é o que tens na vida, mas quem tens na vida.

Descobres que se levam anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que tu podes fazer coisas num instante, das quais te arrependerás pelo resto da vida.

Aprendes que nunca se deve dizer a uma pessoa que sonhos são parvoíces, seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Descobres que só porque alguém não te ama da mesma forma que tu queres que ame, não significa que esse alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver esse amor.

Aprendes que quando estás com raiva, tens o direito de estar de estar com raiva, mas que isso não te dá o direito de ser cruel.

Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não vai parar para que tu o concertes.

Aprendes que o amos nunca morre, transforma-se! E que cada lágrima que choras por alguém tranforma-se num vinco no teu rosto.

Descobres com o tempo, que o que não te mata, torna-te mais forte e que apenas estamos mortos quando não conseguimos compreender o valor da vida e aprendes que realmente podes suportar...que realmente és forte e que podes ir muito mais longe depois de pensares que não podes mais, e que realemente a vida tem valor, e que tu tens valor diante da vida.