20/03/2007


Percorreste-me com o olhar
encontraste a minha alma
e desejaste tudo o resto.


Foste flor, foste carinho,
foste apoio, foste lume;
e deste tudo o que me resta.


Tenho o teu beijo cravado na memória,
tenho o teu perfume na minha mão,
tenho o calor do teu aperto,
e tenho os teus olhos no meu olhar.


Tenho o coração dividido,
em parte por ti perdido,
outra parte por ti achado.

Tenho a cabeça divergente,
numa luta sem quartel
por te deixar colocar no coração
e conquistar um lugar que quero teu.

Tenho tudo, tenho nada,
tenho guerra, tenho luta.
Quero mudar o que ainda sinto
e sentir o que desejo.

Será que o mundo espera?!

1 comentário:

a.lenda.de.despereaux disse...

adorei.

infelizmente o mundo não espera.
eu tenho o coração dividido e o mundo não pára.
eu tenho isso tudo e não tenho nada porque o mundo não pára.
a merda do mundo não pára.
e se ele esperasse, eu ia à luta e percorria.o com todo o amor que tenho para dar.

o mundo que avance, que eu chego para ele.