23/09/2008

Não sei. Falta-me um sentido, um tacto
Para a vida, para o amor, para a glória…
Para que serve qualquer história,
Ou qualquer facto?


Estou só, só como ninguém ainda esteve,
Oco dentro de mim, sem depois nem antes.
Parece que passam sem ver-me os instantes
Mas passam sem que o seu passo seja leve.


Começo a ler, mas cansa-me o que ainda não li.
Quero pensar, mas dói-me o que irei concluir.
O sonho pesa-me antes de o ter. Sentir
É tudo uma coisa como qualquer coisa que já vi.

Álvaro de Campos

3 comentários:

Hobbes disse...

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

Living is easy with eyes closed, misunderstanding all you see.
It's getting hard to be someone but it all works out.
It doesn't matter much to me.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

No one I think is in my tree, I mean it must be high or low.
That is you can't you know tune in but it's all right.
That is I think it's not too bad.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

Always no sometimes think it's me, but you know I know when it's a dream.
I think, er No, I mean, er Yes but it's all wrong.
That is I think I disagree.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.
Strawberry Fields forever.
Strawberry Fields forever.

"Strawberry Fields" dos The Beatles

=P

davidsantos disse...

Tente me esquecer...
Tente mil vezes e até mais...
Não conseguirás, eu sei.
Pois sei que deixei marcas em teu coração

Poderás fingir até que se esqueceu
Mas saberei que desejas somente me enganar...
Meu amor te tocou fundo.

Ele tocou tua alma e tu sentiste!
As horas passarão, os dias também
Mas, meu amor estará dentro de ti.
Não esquecerás nossas horas íntimas..

Teu corpo sentirá falta de minhas carícias,
Tua boca do calor de meus beijos,
Tuas mãos desejarão alisar meus cabelos
e eu não estarei aqui...

Então tu sentirás a saudade...
Somente aí saberei se tens coragem
de dizer que não vives sem mim,
que nunca te esqueceste de mim...

Somente aí saberei que tu me amas.
Eu estarei no mesmo lugar de antes,
Esperando que um dia
tu voltes para mim.

Serei sempre teu bem querer...
jamais te esquecerei...
Sempre te amarei!

Eduardo Baqueiro "Tentativas"

davidsantos disse...

A minha vida é um barco abandonado
Infiel, no ermo porto, ao seu destino.
Por que não ergue ferro e segue o atino
De navegar, casado com o seu fado ?
Ah! falta quem o lance ao mar, e alado
Torne seu vulto em velas; peregrino
Frescor de afastamento, no divino
Amplexo da manhã, puro e salgado.

Morto corpo da ação sem vontade
Que o viva, vulto estéril de viver,
Boiando à tona inútil da saudade.

Os limos esverdeiam tua quilha,
O vento embala-te sem te mover,
E é para além do mar a ansiada Ilha.

"A minha vida é um barco abandonado" Fernando Pessoa